Blog

Aqui você fica sabendo de dicas e notícias importantes para sua viagem.

Viajar pelo Brasil: Dez segredos de Florianópolis

By: | Tags: , , | Comentários: 0 | junho 13th, 2017

Um dos destinos mais atraentes do Brasil é Florianópolis, em Santa Catarina, no Sul do país. Com 523 quilômetros quadrados, oferece paisagens magníficas, excelentes praias e boa gastronomia e, não à toa, é um dos espaços de maior atividade turística da América do Sul, também atraindo cada vez mais estrangeiros.
Florianópolis, capital do Estado, é uma cidade moderna, com bons serviços e áreas de compra, situada em frente ao continente e a ele conectada por três pontes. O turismo chega ali de forma maciça graças às pontes e ao aeroporto Hercílio Luz. No entanto, a maioria dos viajantes tem pouco acesso aos pontos de maior beleza, pois as redes de transporte e os serviços turísticos os levam para o norte, rumo ao binômio “sol e praia”, esquecendo-se do sul repleto de encantos.

De fato, o aeroporto está no lado sul da cidade de Florianópolis, mas a única saída pela rodovia conduz o trânsito para o norte. E a estrada que vai para o sul só pode ser utilizada por alguns moradores da região, pois atravessa uma área militar. No norte estão as praias famosas, as baladas de fama internacional, os grandes hotéis. No sul, muitos dos lugares e paisagens mais autênticos. Veja alguns dos destaques para aproveitar.

01 – Lagoa da Conceição

Boa parte da ilha ainda está coberta pela Mata Atlântica, a selva primitiva, embora a urbanização descontrolada tenha fragmentado os ecossistemas, colocando em risco a sobrevivência de espécies valiosas. Para conhecer o universo natural, é preciso visitar a Lagoa da Conceição, de formato comprido, com 15 quilômetros de extensão e água salina, dividida na altura do povoado homônimo por uma estrada que une as duas margens. Deve-se tomar uma embarcação para chegar à Costa da Lagoa (não há acesso de carro por terra). O trajeto permite contemplar um enclave de grande beleza paisagística e rica fauna, onde a mata ainda está em boas condições. Da Costa da Lagoa é possível percorrer até Ratones e Cacupé.

02 – Lagoa do Peri

A Lagoa do Peri, de água doce, está no sudeste de Santa Catarina, no meio de uma natureza magnífica. É fácil chegar até lá pela estrada de Armação. Conta com uma superfície de água de cinco quilômetros quadrados. Em seu entorno, uma boa Mata Atlântica e uma grande riqueza de aves e outros animais, como o macaco capuchinho e um pequeno crocodilo. A Lagoa tem uma pequena praia para crianças e uma zona de restauração. Para quem deseja entrar na mata, há uma série de trilhas que cruzam uma cadeia de montanhas e que dão acesso á margem oposta, cerca de Ribeirão.

03 – Ilha do Campeche

No centro de Santa Catarina, indo para o leste, há uma grande praia com amplas dunas, e diante dela está Campeche. A ilha, a um quilômetro da costa, é bela; com boa vegetação e uma praia de excelente areia no seu lado oeste. Você pode percorrê-la para ver diversos inscrições pré-históricas. O acesso a Campeche pode ser feito a partir de Armação, um vilarejo de pescadores situado mais ao sul, no meio de uma linda paisagem. E, na volta, parar em Armação para tomar um suco na barraca da praça da igreja.

04 – Ribeirão da Ilha

No sudoeste de Santa Catarina está localizado o distrito de Ribeirão da Ilha, no sopé de um monte de 530 metros de altura, no meio de uma natureza atraente formada por um bosque frondoso e uma costa sinuosa que lembra as paisagens galesas por seus cultivos marinhos. Ribeirão da Ilha é o lugar que produz mais ostras em todo o Brasil. Aqui é típica a “sequência de ostras”, uma autêntica orgia com esses moluscos preparados de diferentes formas. Em Ribeirão há vários restaurantes credenciados, todos à beira-mar. Uma boa pedida é Porto do Contrato. Ali você pode pedir uma sequência de ostras e camarão na moranga com um bom vinho branco.

05 – Bar do Arante

Em Pântano do Sul acaba a estrada que desce pelo leste da ilha. A cidade é um desastre urbanístico. Os quiosques avançam sobre a areia do mar. Não há calçadão, e é preciso estacionar na praia, em uma baía muito bonita. Durante os fins de semana, Pântano é alvo de peregrinação; muitas pessoas vão comer nos quiosques da praia. Recomendo o Bar do Arante. O lugar é um espetáculo em si. Milhares de papéis dos viajantes — bilhetes, contas etc.— cobrem as paredes. Música e um buffet livre. A singularidade do local e o ambiente, magníficos.

06 – Centro de Florianópolis

A cidade de Florianópolis tem um pequeno centro histórico que vale a pena visitar. Em frente à catedral há uma praça cujo ícone é a Figueira Centenária, uma árvore magnífica que espalha seus galhos, como um polvo, por todos os lados. Perto está o Palácio Cruz e Sousa, de ar afrancesado. Ao lado, várias ruas comerciais populares e um antigo mercado público. Um lugar famoso é o Box 32, onde se pode tomar uma cerveja e comer camarões. Exatamente em frente, um posto oferece café e magníficos pastéis de nata. Essa região é muito popular, e nela é possível comprar desde as coloridas havaianas a produtos de artesanato. Na antiga Alfândega está a sede da Associação de Artistas Plásticos de Santa Catarina, onde são vendidos objetos típicos.

07 – Morro da Cruz

Embora um pouco abandonado, o Morro da Cruz (300 metros de altura) é o grande mirante de Florianópolis e da baía, de onde é possível observar pequenas ilhas ao oeste e a populosa costa continental. Vale a pena. É possível chegar ao topo de carro.

08 – Santo Antônio de Lisboa

Santo Antônio de Lisboa, um distrito de Florianópolis, lembra uma típica cidade de Santa Catarina, com sua igreja de origem colonial (século XVIII) e um pequeno centro urbano com casas baixas à beira da água. Tem uma pequena praia e um calçadão para os que vão aos restaurantes que oferecem peixes saborosos. Da orla, contemplam-se as águas plácidas e as pontes de Florianópolis, que unem a ilha ao continente. Os moradores de Santo Antônio eram pescadores açorianos e o local sempre conservou o ar pesqueiro. É um bom lugar para passear, comprar artesanato e comer um peixe grelhado; talvez uma tainha, o mais popular de Santa Catarina.

09 – Praia de Jurerê

A ilha tem praias muito boas, especialmente ao norte e ao leste. Os resorts mais destacados são Canavieiras, Ingleses do Rio Vermelho e Jurerê, um autêntico protótipo.

Bons edifícios, ruas amplas, lojas e casas noturnas com fama internacional. As celebridades brasileiras frequentam o local, para muitos, a Ibiza do Atlântico Sul. Tem alguns “poréns”, como uma praia estreita e um ecossistema de manguezal destruído. Há um local histórico e natural muito agradável: a Fortaleza de São José.

10 – Praia da Joaquina

Ao leste, as praias são ótimas para o surfe. Entre as que têm mais personalidade é a da Joaquina, onde se pratica o sandboard, deslize em uma prancha sobre as magníficas dunas.

 

Fonte: Portal El Viajero

Deixe um comentario